Está interessado nesta vaga? Coloque seu email aqui
Respeitamos sua privacidade. Você está 100% seguro!
Home Sem categoria Empregos em fortaleza

Empregos em fortaleza

0
0

Com um mercado de trabalho ainda em crise, encontrar empregos em Fortaleza pode ser uma tarefa trabalhosa.

Todos os dias, pessoas formam filas quilométricas em quaisquer estabelecimentos que anunciem a contratação para os mais diversos postos de trabalho.

Profissionais qualificados, com graduação e até experiências no exterior concorrem por alguns dos empregos em Fortaleza com pessoas com pouca ou nenhuma experiência.

Apesar das dificuldades, procurar empregos em Fortaleza pode ser menos desgastante. Desde que você saiba em que área procurar.

Para ajudar nesta tarefa, elaboramos um texto com alguns setores que parecem correr longe da crise e gerar inúmeros empregos em Fortaleza.

Setores que estão em alta em Fortaleza

Cidade litorânea e com forte viés turístico, o comércio é uma das áreas que, apesar da crise, continuam gerando uma boa quantidade de empregos em Fortaleza.

Na cidade, é possível se cadastrar para postos de trabalho como vendedores e caixas, para o atendimento em lojas, e cozinheiros, chefes de cozinha e garçons, muito procurados por empresas do ramo de alimentação.

Atividades tradicionais, estes setores respondem por grande parte da geração de empregos em Fortaleza.

Estes postos de trabalho absorvem um forte contingente de trabalhadores por, em sua maioria, não exigirem que o profissional possua um diploma de nível superior, apenas o ensino médio completo.

Neste caso, se encaixam vagas de assistentes administrativos, caixas, recepcionistas, telefonistas e trabalhadores da manutenção de prédios.

Indústria

Na seara das ocupações que exigem nível superior, os maiores geradores de empregos em Fortaleza são as engenharias elétrica, mecânica e de produção.

O campo de trabalho destes profissionais é, sobretudo, em empresas de siderurgia e energia eólica, que nos últimos anos vem se instalando na capital do Ceará e aumentando a demanda por estes trabalhadores.

Para os trabalhadores que ainda não tem nível superior, mas estão em busca de empregos em Fortaleza no setor de metalurgia devem investir no domínio de um segundo idioma, pois boa parte das empresas que estão contratando na cidade são multinacionais.

Além disso, é importante que o candidato a uma destas vagas tenha cursos de eletrotécnica e eletromecânica.

Construção Civil

Na construção civil, outra boa seara de empregos em Fortaleza, a forte demanda também é por profissionais mais qualificados. Ocupações como pedreiros ou mestres de obras estão em baixa, reflexo da desaceleração da economia.

Logística

A proliferação de indústrias e galpões do mesmo setor vem impulsionando o número de empregos em Fortaleza no setor de logística, reflexo da necessidade de criação de novos centros de distribuição que atendam a esse aumento da demanda.

Saúde

Em função da forte atividade do setor de comércio, o segmento de saúde é outro grande gerador de empregos em Fortaleza.

Os cursos técnicos na área formam, anualmente, inúmeros técnicos em enfermagem, ótica e podologia, que já saem das salas de aula com vagas de trabalho conquistadas ou em vista, o que minimiza o desemprego no setor.

Os cursos técnicos impulsionam ainda empregos em Fortaleza fora da área da saúde.

Recentemente, trabalhadores formados em gestão de negócios, marketing e vendas também se aproveitam do bom momento de alguns segmentos da economia.

Estética

Além do setor de serviços, profissionais do campo de estética vêm aproveitando o bom nível de geração de empregos em Fortaleza, em especial aqueles com formação em cabeleireiros, maquiador, depilador, manicure e pedicure.

Informática

Como não poderia deixar de ser, o setor de tecnologia é outro forte gerador de empregos em Fortaleza.

Nesta área, programadores de softwares e técnicos que realizam manutenção e montagem de computadores encontram grande empregabilidade, consequência direta da expansão das tecnologias e de sua maior inserção no dia a dia da população e das indústrias.

 

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *